Kamehameha explicado pela ciência


Provavelmente você, algum dia, já tentou utilizar alguma técnica apresentada em Dragon Ball enquanto assistia o anime (ou pelo menos levantou as mãos pra ajudar o Goku a fazer a Genki Dama). E se algum dia isso fosse realmente possível? Saiba que a partir de conceitos científicos, o Kamehamehá pode ser realidade!

Para poder tornar o sonho de todo fã dos Saiyajins provável, precisamos nos apoiar em 3 teorias que garantem um Kamehameha lançado com sucesso.

- 1ª Teoria


Para que se exista um campo eletromagnético é necessário um condutor com um fluxo de elétrons contínuo. Tal campo pode induzir uma organização no fluxo ou o fluxo pode induzir a existência de um campo.

- 2ª Teoria


Nikola Tesla afirma que uma única partícula projetada à grandes distâncias, através de altas voltagens e em velocidade incrivelmente alta é capaz de causar grandes estragos.

- 3ª Teoria


Max Plank formulou a Teoria dos Quant que afirma que a emissão e absorção de energia eletromagnética dos corpos se dá através de “pacotes” contínuos de energia.



Sendo assim, nosso corpo seria responsável pela ionização do ar que sofreria interferência de pequenos campos magnéticos e adquiririam a forma de esferas de energia. Se fossemos capaz de canalizar essa energia e lançá-la a uma grande velocidade, os estragos causados seriam tão grandes como os apresentados em Dragon Ball.

A ciência está aí para provar que o Kamehameha é possível, só falta descobrirmos como utilizar nosso corpo como um canhão de átomos e a mágica está feita!


Fonte: Legião dos Heróis
________________________________________________________________________________________________________________________