Japão vai construir muro gigante de gelo em Fukushima

A água radioativa cheia de substâncias químicas cancerígenas está vazando para fora da usina de Fukushima em uma taxa crítica, crítica suficiente para a Autoridade de Regulamentação Nuclear considerar como uma situação de " emergência ". É um daqueles momentos de desespero, em que qualquer medida possível deve ser tomada com urgência. E a partir disso, o governo do Japão anunciou um plano um tanto audacioso, mas que pode funcionar.

Após examinar os planos da Tokyo Eletric Power Co (TEPCO) para construir uma parede de gelo gigante, o órgão regulador de energia nuclear japonês aprovou a construção da barreira. Falando ao PhysOrg, um representante anônimo explicou que:

"Tínhamos algumas preocupações, incluindo a possibilidade de parte do chão afundar. Mas não houve grandes objeções ao projeto na reunião, e concluímos que a TEPCO pode seguir em frente ao menos com parte do projeto proposto após passar por alguns procedimentos necessários."

A ideia da companhia era isolar os reatores danificados pelos terremotos de 2011 usando colossais paredes de gelo, impedindo também que a água não-contaminada que circula pelas dependências se misture com os resíduos nocivos da água usada para resfriar os reatores.

As obras começam em junho, engenheiros construirão o muro de 1,5km que deve estancar o fluxo da água radioativa. Estima-se que o investimento necessário para conclusão do muro seja de aproximadamente US$ 470 milhões.

Fonte: PhysOrg

________________________________________________________________________________________________________________________